1- Ha quanto tempo você é tentante? (Lanna)


Desde que eu casei não uso nada, nunca usei nenhum método contraceptivo e sempre quis engravidar! Então fazem 5 anos e 5 meses 


2- Quais as loucuras de tentante você já fez (pernas pra cima, botar o bumbum no travesseiro, etc.) (Lanna) 
Eu fiz poucas loucuras, rs... Pernas pra cima, travesseiro do bumbum, posições que as pessoas diziam funcionar. 


3- Já tem ideia de nomes para seus milagrinhos? (Lanna) 
Sim!! Vários!! O difícil é decidir, rsrs...
Menina: Isabella, Maria Luísa, Gabriella e Aline 
Menino: Lucas, Isaac, Gabriel ou Guilherme 


4- Como seu marido lida com os treinos? Encara numa boa? Acha exagero sua ansiedade em mãe? Apoia? (Adilma) 
Meu marido não reclama dos treinos, alias, acho que homem nenhum vai reclamar, ne? Eu não treinava só no PF como obrigação... Eu iniciava os treinos assim que a menstruação ia embora e sempre uma dia sim ou não.

As vezes ele fala da minha ansiedade, porque vivo falando de gravidez, ele sempre pede pra que eu relaxe mais, até perguntou a minha Go se era normal, e ela disse que todas eram assim!! Mas ele não reclama! Só fala e conversa! 


5- Tipo de tratamentos feito e seus efeitos, experiência com garradas e outros fitoterápicos. (Juliana Siqueira)  

Tratamentos que eu fiz:
  • Videolaparoscopia: pra cauterizar focos de endometriose e colocar a trompa direita para o local correto (ela é posicionada pra cima), a cirurgia e recuperação foi tranquila. 
  • Indux: Fiz 3 ciclos com o indux, onde só me deixaram cheia de cistos (SOMP). 
  • Metformina: Fiz um tratamento com Metformina pra tratar os cistos. E eles sumiram!! Os efeitos foram náuseas. 
  • Coito Programado:  Fiz apenas 1 ciclo. Usei os seguintes medicamentos: Puregon e Ovidrel. Foi sem sucesso, não tive efeitos. 
  • FIV: Fiz uma Fertilização In Vitro em janeiro, os efeitos foram cólicas por conta dos enormes folículos e dores e inchaço na barriga após a punção!! Engravidei, porém perdi com quase 8 semanas.  
Não tomei garrafadas, nem saúde da mulher, porque não senti vontade, sei lá... 

Fitoterápicos: tomei foliculinum CH6 e Ovarinum Ch6, sem efeitos e sucesso.



6- Algum dia você pensou em desistir? Em qual momento? (Mita) 
Desisti mesmo, não!!  Porque a vontade de ser mãe é maior que qualquer dificuldade... Mas sempre bate aquela deprê, aquele desanimo!! Eu senti isso na pele quando perdi meu bebê, foi o momento que fiquei mais frágil e pensando se não era da vontade de Deus que eu fosse mãe...  



7- Me responde com sinceridade, como você consegue ser tão doce? (Bárbara Agra)
Hahahahaha, só você pra me fazer uma pergunta dessa!! Amiga, eu trato as pessoas como eu gostaria que elas me tratassem... Se me jogam pedras, eu junto todas e lá na frente eu construo um castelo. 



8- Como anda sua ansiedade as vésperas de uma nova FIV? Marido ansioso também? (Bárbara Agra) 
A minha ansiedade é de momento!! É que fico louca que os dias passem logo pra que chegue logo o grande dia. Meu marido ele fica mais ansiosa no grande dia (o dia da transferência, da ultra...), mas sempre na apoia  em todos os momentos!



9- O que seu marido fala e como se comporta em relação a essa busca? (Juliana Fonseca) 
Ele me apoia em tudo, desde a minha vontade louca de ser mãe até os tratamentos mais complexos que fizemos. Graças a Deus!! 



10- Quando você decidiu ter um filho como foi? Era algo que você sempre quis ou esse desejo simplesmente surgiu? Como seu marido reagiu? (Joaninha) 
O desejo de ser mãe surgiu desde que eu me casei, quando nós namorávamos sempre disse ele e ele sempre esteve do meu lado, sempre me apoiou. 



11- Em algum momento você fraquejou? Chorou, se desesperou pensando que nunca seria mãe? Seu marido foi parceiro nessa busca, em algum momento ele rejeitou ou ficou receoso em ter um filho? Como você lidou com esse mix de sentimentos? E sua família como lida com relação a isso? Eles sabem que está tentando um bebê, se não como consegue manter esse segredo? (Joaninha) 

Fraquejar no dicionário que dizer: Perder a força; perder o vigor; perder a resistência! 
Fraquejar já fraquejei algumas vezes (ninguém é de ferro, ne?) chorei muito, principalmente a noite, quando os pensamentos estão a mil... Mas nunca perdi as esperanças de que Deus vai realizar meu desejo de ser mãe!! Tenho medo de não poder gerar uma vida dentro de mim, mas venho pedindo pra Deus tirar esse medo de mim. 
Meu marido sempre esteve ao meu lado, sempre me acompanhou nas consultas, exames, cirurgias, tudo!! Super paceiro!! 
Ser tentante é  saber lidar com mix de sentimentos, um dia feliz, outro triste!  Sempre quando vem aquela tristeza oro a Deus pra que tire isso de mim... 
Toda  a minha família e amigos sabe do meu sonho de ser mãe, mas não fico divulgando tudo pra eles... As primeiras a saber de tudo são vocês! 



12 - O que você aprendeu com todas as dificuldades que vem passando? Teve algo bom? O que? (Adilma) 
Aprendi que milagres acontecem e acontecem de acordo com a vontade de Deus, que tem que ter paciência, mesmo não querendo, que o mundo não gira de acordo com a minha vontade... Sem contar os aprendizados, que foram muito importantes para que eu aprendesse como funciona meu corpo.  



13- Você se sente realmente pronta para tentar de novo? Qual seu maior medo agora? (Adilma) 
Sim!! Me sinto mais forte, paciente, pronta pra fazer um novo repouso e passar por outra gravidez, pois creio que tudo será diferente!!  Meu maior medo é de ter outra perda. 



14 - Acredito que você passou pelos dois sentimentos extremos: O tão sonhado positivo e a perda dos bebês. Também passei por isso e por isso te pergunto: Qual as palavras que definem esses 2 sentimentos? (Adilma) 
Positivo - Amor
Perda - Incapaz  



15-  O que o marido diz sobre você participar desses grupos de tentantes? Você compartilha algumas coisas com ele? Comentas as idéias loucas que aparecem aqui como por exemplo cirurgia no nariz ajuda a engravidar e outros papos pra lá de empolgados? (Joaninha)
Ele sabe que participo dos grupo de tentantes, até porque as vezes ele tá próximo de mim, enquanto tô no pc... Ele não se envolve muito quanto a isso, ele me deixa a vontade pra participar. Não conto tudo, mas conto as alguns histórias, tratamentos, diagnósticos e exames semelhantes ao meu. 



16- Qual a primeira coisa que pretende falar para seu bebê quando ver pela primeira vez? (Joaninha) 
Acho que eu não vou ter nem palavras pra dizer, só sei que vou me emocionar muiiiito!! Mas vou dizer filho(a) amo você, sempre sonhei em vê seu rostinho.




17- Com tantas dificuldades, pretende engravidar outras vezes ou ficar apenas com um filho? (Adilma)  
Tenho vontade de ter 2 filhos e meu marido de ter 3 filhos, então vamos ficar tentando até quando Deus permitir a vontade dele.



18- Você é muito ansiosa? Chegou a fazer testes muito antes do tempo ou consegue esperar? (Adilma) 
Sou muito ansiosa, mas nunca fiz um teste antes do previsto, sempre esperei o atraso!


                                   

19- O seu marido reclama dos gastos do tratamento? (Jéssica Júnio)
Ele já falou que tudo era muito caro, mas nunca disse que não ia fazer ou tentar.


20- Como seu marido reage nessa situação toda? (Sidione)
Ele reage melhor que eu, rs... Pois a quantidade maior de exames é mim... Mas de acordo com a perda, ele ficou muito triste, pois era um filho muito desejado e já amado!


21- Já pensou em desistir? Sua familia sabe de todos os tratamento que você faz? O que eles falam? (Di tentante) 
Não penso em desistir, mas sempre bate aquele velho desanimo... Mas meu sonho é maior que qualquer dificuldade. Sabe sim, todos sabem do meu desejo de ser mãe e sempre conto que estou fazendo tratamentos para engravidar, eles não me cobram filhos, são pacientes. 



22- Está ansiosa para o próximo passo? (Soraia) 
Estou!! Mas é aquela ansiedade de que os dias passem rápido e que o grande mês chegue logo. rs 



23- Por tudo que você passou, o que você faz pra sentir tanta força de continuar a tentar? (Adriana Panatti) 
Dri, o que me dá tanta força primeiramente é Deus!! Creio que ele fará o milagre na minha vida e também meu sonho de ser mãe, que é maior que tudo! Sem contar que o apoio das pessoas que amo ajuda muito. 



24- Qual será seu próximo passo? (Biiah) 
O meu próximo passou é fazer a TEC (transferência de embriões congelados) em Junho, mas antes fazer alguns exames pra saber se tá tudo certinho.

Minha indicada para ser entrevistada é Soraia.







As famosas são pessoas normais, assim como nós... E algumas delas enfrentaram dificuldades para engravidar, conheça algumas delas! 
Julia Roberts - Fez fertilização in vitro para conceber os gêmeos Hazel e Phinnaeus em 2004.





Celine Dion - Passou por inúmeros tratamentos de fertilidade antes de dar a luz ao filho René-Charles, em 2001 engravidou de trigêmeos, mas perdeu os bebês.





Giuliana Ranic - Tem lutado para ter um filho. Ela já tentou fertilização in vitro, mas não obteve sucesso. Agora ela está explorando todas as opções.Marcia Cross - Já fez vários tratamentos de fertilidade para conceber os gêmeos. "Sou uma mulher que acha que a fertilidade é algo que vai durar para sempre..." disse ela.     

                                                                                                                                     
Angela Bassett - Depois de anos de dificuldades para engravidar, ela escolheu uma mãe de aluguel e tiveram gêmeos.





Brooke Shields - Depois de sete tentativas de fertilização in vitro,  ela deu a luz a sua filha Rowan, em 2003, sofre depressão pós parto, mas  se recuperou e foi capaz de conceber naturalmente a  segunda filha, em 2006. 



Kristen Alley - Depois de vários abortos ela decidiu adotar duas meninas. 




Jamie Lee Curtis- Curtis e seu marido adotaram uma criança, diante a dificuldade de engravidar. Ele até escreveu um livro sobre a importância da história do nascimento das crianças adotadas. 


Christie Brinkley - A modelo sofreu três abortos espontâneos ao se submeter a fertilização in vitro, aos 44 anos ela conseguiu ter um filho. 



Mariah Carey - Em 2008, ela sofreu um aborto logo depois de casa. Logo, começou a tomar progesterona. Ela teve gêmeos em 2011. 



Jane Seymour - Ela sofreu dois abortos antes de decidir fazer a fertilização in vitro, ela teve dois filhos, em 1995.



Sharon Stone - Sofreu abortos recorrentes, ainda  jovem. Ela adotou três crianças. 


Halle Berry - "Eu sou supersticiosa, então eu guardo todos os testes negativos de gravidez em um gaveta" disse. Ela teve uma filha em 2008, depois de cerca de 35 testes negativos. 



Sarah Jessica Parker - Usou barriga de aluguel em 2009 e tiveram gêmeas. 



Couteney Cox -  Ela teve problemas para engravidar, depois de vários abortos, a atriz fez tratamentos de fertilização in vitro. Em 2004 ela teve sua filha Coco.  



Kim Kardashian - Segundo o médico de Kim, seus óvulos equivaliam a de uma mulher de 50 anos. "Quando fui ao médico há alguns meses atrás, ele fez testes para verificar meus níveis de hormônios e o resultado foi baixo porque fiz o uso de contraceptivos por anos. 



Fátima Bernardes - Após duas tentativas de fertilização in vitro, ela conseguiu conceber os trigêmeos, Laura, Beatriz e Vinícius. 


Monique Evans -  Revelou que fez inseminação artificial para conceber sua filha Bárbara Evans. "Sempre digo que ela é mais amada porque foram três anos de tratamento". 



Marcia Golschmidt:  Tem 50 anos e recentemente realizou o sonho de ser mãe, engravidando de gêmeas. 



























Ovulação
A ovulação geralmente ocorre no meio do ciclo menstrual, o folículo que cresceu mais que os outros irá romper e o óvulo será liberado, quando o folículo romper irá formar o corpo lúteo, o corpo lúteo irá produzir a progesterona, hormônio que mantém o bebê em crescimento até que a placenta assuma esse papel. O óvulo é liberado pelo ovário  e se move para a trompa, rumo ao útero. A concepção normalmente ocorre na parte final das trompas, se o óvulo não for fertilizado no espaço de 12 horas depois de sua liberação, o organismo trata de reabsorvê-lo, o folículo seca , a membrana do útero desprende-se e vem a menstruação. 


Fecundação 

Cerca de catorze dias após o início do ciclo menstrual ocorre a fecundação, isso acontece quando o espermatozoide se une ao óvulo para formar uma única célula, a célula será chamada de zigoto até que comece a cresce com a divisão celular. 
Depois que o zigoto se divide, ele avança em direção a cavidade uterina e se implanta na camada interna, na zona de implantação se desenvolve mais da tarde a placenta e órgãos que nutrirá no feto. 
Os espermatozoides mantem sua capacidade para fecundar um óvulo até 48 horas e os óvulos podem ser fecundados por cerca de 24 horas. 






Nidação
Após a fecundação nas trompas, o óvulo fecundado inicia um caminho lento para chegar até o útero. Quando ele chega ao útero, ele precisa se fixar para que a gravidez venha a evoluir, esse processo se chama nidação. O óvulo fecundado leva cerca de 4 a 15 dias para chegar ao útero, é só após a nidação que o corpo começa a produzir o HCG (Hormônio da gravidez), por isso é importante aguardar o atraso menstrual. No processo de deslocamento do óvulo fecundado vai acontecendo a divisão celular (mórula), ele fica mais vulnerável nessa fase, pois o corpo da mãe pensa que ele é um corpo estranho e pode expulsá-lo espontaneamente. O endométrio é uma parte importante para que ocorra a nidação, ele tem que está numa espessura entre 7 e 15mm e ter três camadas. A nidação pode ou não ser visível, pode ocorrer cólicas leves, pequenos sangramentos (sangue escuro, vivo ou claro) ou corrimentos (caramelos ou escuros). Se houver sangramento semelhante ao fluxo menstrual, pode ser uma deficiência de progesterona, uma gravidez ectópica, descolamento do endométrio por conta da implantação ou aborto. Mas o melhor é consultar um médico!






Fontes: 






É importante uma investigação de infertilidade após 1 ano de tentativas. Pra isso é necessário fazer alguns exames. Veja quais exames são necessário para uma investigação completa!



Para o casal:

  • Prova Cruzada (Crossmatch)
  • Pesquisa do fator imunológico
  • Tipagem Sanguínea: ABO e Rh
  • Cariótipo de sangue periférico com bandas
  • Sorologias para HIV I e II
  • Sorologias  para HTLV I e II
  • Pesquisa HbsAg e anti-HCV
  • Sorologia para doença de chagas
  • Sorologia para Sífilis (VDRL)

  • Pesquisa de anticardiolipina e anticoagulante lúpico
  • Fator antinúcleo (FAN)
  • Antiperoxidase e tireodiana e antitireoglobulina
  • Pesquisa de Mycoplasma e Chlamydia
  • Pesquisa de Sreptococus
  • Sorologia para toxoplasmose e citomegalovírus
  • Prolactina Sérica
  • Glicemia de jejum e pós-prandial
  • TSH, T3 e T4 livre
  • Teste de coombs indireto
  • Dosagens de antitrombina III e das proteínas C e S
  • Dosagem das células NK (CD-3, +16, +56)
  • Pesquisa da mutação do gene do fator V de Leiden
  • Pesquisa da mutação G20210A do gene da prontrombina
  • Pesquisa da mutação C677T  e A1298C do gene da metileno metilenotetrahodrofolato redutase (MTHFR)
  • Ultra-sonografia transvaginal
  • Histeroscopia
  • Histerossalpingografia
  • CA125
  • Ressonância Magnética da pelve
  • Videolaparoscopia (Em alguns casos de suspeita de endometriose)
  • Espermograma
  • Ultra-sonografia dos testículos (para investigação de varicocele)  




Para ela:

Para ele:





O ácido fólico é uma vitamina que trabalha na formação de nossos genes, os quais são essenciais para a divisão celular e não formação sanguínea da médula óssea e na gravidez se torna algo essencial, pois ajuda na formação do tubo neural do feto ( O tubo neural é formado logo no primeiro mês da gestação e é o sistema nervoso primitivo do feto. Ele se desenvolverá para a formação do cérebro e da medula espinhal do bebê, sem a vitamina o tubo neural não se fecha completamente causamento alterações anencefálicas).Funções: Divisão celular e transmissão de traços hereditários, formação e maturação dos eritrócito e leucócitos. 


                                                                                                                                                      Deficiência: Diminuição do crescimento, anemia megaloblástica e outros distúrbios sanguíneos, glossites e distúrbios de trato gastrointestinal. A importância do Ácido Fólico antes da gravidez:  
O ácido fólico é um derivado de vitamina B, essencial para o desenvolvimento do feto. Não é aconselhável engravidar com o nível dessa vitamina abaixo do normal. 
O sistema nervoso da criança forma-se na concepção, como é muito difícil você descobri o dia exato da concepção, é importante iniciar o uso da vitamina pelo menos três meses antes de engravidar, para que caso você tenha uma deficiência do ácido fólico o tratamento possa reverter. É importante tomar o ácido fólico até as 12 semanas de gestação.



Alimentos que possuem ácido fólico: fígado, feijões (branco), vegetais de cores verdes escuras (aspargo, espinafre e brócolis), pão integral, alimentos integrais, carnes magras, laranja, repolho, abacate, grão de bico, lentilha e escarola. Os alimentos que mais possuem ácido fólico, são os vegetais e se for consumidos frescos e naturais dará mais resultados!  
Então amigas tentantes, é muito importante usar o ácido fólico nas tentativas!! Espero que tenha ajudado vocês!!!   Boa sorte nos treinos!! Beijo.









Fontes: 
http://mundomulheres.com/qual-a-importancia-do-acido-folico-antes-da-gravidez/
http://gesebelc.blogspot.com.br/2011/11/importancia-do-acido-folico-antes-de.html






Oi, meu nome é Fernanda Correa, tenho 31 anos e sou casada a 5 anos cm Jonathan de 28 anos! Moramos em Santo André e somos tentantes desde Agosto/2012, quando parei o anticoncepcional não sabia de nada sobre ovular, período fértil, muco, tempertura basal, NADA!! Passei os meses de setembro e outubro pesquisando e tentando entender como as coisas funcionavam. Em dezembro fiz tudo certinho e engravidei!!! Minha menstruação era pra vim em 21/12 e não veio... Fiz o beta no dia 02/01 e deu 80 mUI/ml, se eu fosse mais esperta, tinha descoberto que tinha algo errado, visto que um beta de 80 para 12 dias de atraso estava baixo! Porém marquei o pré natal, fiz duas ultras, que não apareceram nada, nem bebê, nem saco gestacional!! E dia 15/01 após fortes cólicas fui pro PS e estava tendo um aborto espontâneo. Depois do ocorrido tomei água inglesa, limpei geral o meu corpo e dei uma pausa até fevereiro para meu corpo ficar novinho. Menstruei novamente em 08/03 e tomei 5 dias de água inglesa e nesse ciclo comecei a analisar minha temperatura basal. Media todos os dias as 06h da manhã, sem quase me mexer... No primeiro período ficou baixa, pós ovualação subiu e depois da nidação subiu mais ainda!! Dia 09/04 era o dia da menstruação descer e minha TB ainda estava alta, suspeitei que não viesse naquele dia, fiz o teste do cotonete e ele saiu banquinho. E quando acabou o dia fiz um teste de farmácia e deu positivo e confirmei com o beta que deu 134U/ml. 
Nunca desistam, confiem que Deus fará e manterá até o fim a promessa que nos fez um dia... E jamais desistam!! 
 Beijos.







Olá meninas meu nome é Rafaela, tenho 27 anos e sou tentante pela segunda vez a 17 ciclos, da primeira tentativa que fiz parei o anticoncepcional em julho de 2010 e no dia 14 de dezembro de 2010 veio a mais feliz noticia, comecei  a suspeitar de minha gravidez e fiz 3 testes de farmácia e nenhum me deu a certeza de um positivo então no dia 10 de dezembro marquei pra fazer alguns exames na quarta dia 16, mais já na sábado dia 12 comecei a me sentir muito mal e tomei um remédio pra vê se amenizava mais foi pior, comecei a perder sangue e achava que era a menstruação que tinha dado as caras, só que senti muita dor e muito fluxo então na segunda feira marquei uma consulta de urgência com a minha GO e na terça dia 14/12/2010 tive a confirmação não só estava grávida de quase 8 semanas e abortando espontaneamente o meu bebê, passei pelo momento mais difícil de minha vida e também mais triste.  Meu relacionamento acabou e sofri horrores, superei com a cara e a coragem que Deus me deu, então não perdi tempo vi que quem não foi capaz de ficar ao meu lado no momento mais difícil e delicado da minha vida não era digno de ter o meu amor e meu carinho, parti logo pra outra conheci meu namorido em um fim de semana na praia e começamos a ficar então o tempo foi passando e quando menos esperei meu namorido me pediu em noivado, aceitei e a coisa foi ficando cada dia mais séria, estamos hoje em um relacionamento estável a mais de 2 anos então como meu sonho sempre foi ser mãe decidimos que tentaríamos nosso bebê. 
Então em dezembro de 2011 eu parei o AC mais uma vez e assim iniciei as tentativas, já fiz todos os exames que deveria não há nada de errado, mais esse bebezinho esta me deixando cada dia mais ansiosa, não vejo a hora dele chegar e é por isso que espero pegar meu positivo ainda este mês com a honra e gloria do senhor Jesus!
É como eu costumo dizer, Sou tentante, mais já sou mãe, pois carrego no coração o embrião de um sonho, o sonho de um milagre, o milagre da vida. Bem meninas, espero que tenha dado para conhecerem um pouco de minha historia, obrigada por lerem e Rê muito obrigada pelo espaço. Deus abençoe a cada uma de nós tentantes guerreiras e nos de a honra de realizarmos o nosso grande sonho.





Oi flores, Resolvi contar tudo desde a descoberta da minha gravidez até o dia que descobri o aborto retido!!  Fiz uma Fertilização In Vitro e no dia 05/02 fiz a transferência dos embriões, no dia 14/02/13 pegue meu positivo, (46.0 mUI)!! Um mês depois da transferência tive um sangramento (04/03), que no mesmo dia cessou, dois dias após o sangramento fiz uma ultrassom, deu tudo normal, bebê medindo 4,4mm, com vesícula vitelina, sem descolamento de placenta, nada que justificasse o sangramento e 6 semanas e 1 dia de gestação. No dia 13/03 repeti a ultra e o bebê estava com bradicardia (batimentos cardíacos baixos, 56 bpm), o médico que fez a ultra pediu que repetisse com 15 dias. Porém, meu coração não sossegou e repeti a ultra no dia 20/03 e deu que o bebê estava sem batimentos cardíacos, mas o médico pediu pra esperar  e repetir com uma semana a ultra, antes de tomar qualquer atitude.No dia 26/03 refiz o exame e confirmou o óbito fetal, ele parou de evoluir com 6 semanas. Neste mesmo dia falei com a minha médica que fez a FIV e perguntei o que poderia fazer: Ela disse que o mais indicado era fazer a curetagem, já que o bebê ficou por quase 8 dias sem vida e meu corpo não havia expulsado!  Que se meu corpo estivesse bem daqui a 2 meses já poderia fazer outra transferência. E que agora deveria pensar mais em mim. Após isso dei entrada na urgência para tentar fazer a curetagem, mas por incrível que pareça fui em 3 hospitais e o 1º disse que não havia vagas, o 2º a médica se recusou a fazer a curetagem e o 3º não tinha vagas! Olhe que esses hospitais são hospitais de referência aqui em Recife!!Como já era quase 23h e sem sucesso, decidi ir pra casa e voltar pra casa e tentar pela manhã. No outro dia saí de casa logo cedo, as 6:30h, cheguei no hospital e a médica de plantão já me deu logo a guia de internamento, porém não tinha vagas!!! Fui na Unimed e a coordenação da Unimed ligou pro diretor da maternidade do hospital e finalmente eles conseguiram uma vaga pra mim. Só consegui ir pro quarto as 15:30h, quando cheguei no quarto a enfermeira me deu uma bata e pediu que tomasse banho e  ficasse sem calcinha, esperando o medicamento. Quando foi umas 19h ela veio com o medicamento via vaginal, ele começou a fazer efeito as 21:30h, ai começei  a sangrar e sentir muitas cólicas. Então o médico veio fez o toque e disse que eu já estava pronta pra fazer o procedimento, mas não tinham anestesista de plantão!! Aff... Só fui chamada para fazer a curetagem no dia 28/03, as 09h!! O procedimento foi rápido, meu marido disse que durou cerca de 20 minutinhos. As 17h fui liberada pra ir pra casa. As recomendações médicas foram as seguintes: Repouso de 5 dias, abstinência sexual de 30 dias e depois vida normal.  Hoje fazem 05 dias que fiz a curetagem, ainda é muito difícil pra mim, é como se eu tivesse tido um pesadelo, alias, tendo um pesadelo, mas aos poucos tô melhorando, tenho sido muito forte, chorado pouco e com esperanças para uma futura gravidez!! Mas que tudo seja de acordo com a vontade de Deus!  Agradeço o carinho e apoio que recebi de muitas de vocês, que se não fosse vocês, sozinha não conseguiria!! Obg de coração!! Beijos.