Muitas portadoras da endometriose passam por esse procedimento. Então esclareça as suas dúvidas.





A cirurgia de videolaparoscopia é diferente de uma mulher para outra. Cada uma de nós tem uma experiência diferente baseada em nossas expectativas e também por causa da extensão da cirurgia, da profundidade da cirurgia, do cirurgião, das enfermeiras, como nosso corpo responde a dor e outros tantos fatores. E tem mais, cada mulher se recupera diferente. Os médicos podem nos dizer que apenas poucos dias serão necessários para se recuperar de uma Laparoscopia. Mesmo assim, muitas de nós, levam semanas para uma total recuperação.

Visão Geral da Cirurgia:  Esta cirurgia, usualmente, é feita sob anestesia geral no hospital. Geralmente uma pequena incisão será feita perto do seu umbigo e seu abdômem será cheio de gás CO2 (dióxido de carbono). O CO2 permite que o cirurgião tenha uma visão melhor dos orgãos internos. O cirurgião irá inserir um instrumento chamado laparoscópio através da incisão feita no seu umbigo. Duas outras incisões poderão ser feitas no seu abdômem para permitir a inserção de outros aparelhos cirúrgicos. Muitos cirurgiões colocam junto uma vídeocamêra com o laparoscópio para aumentar a visão, permitindo que a equipe médica veja o procedimento.
Durante a Laparoscopia, o médico examina os orgãos pélvicos, procurando por óbvias e atípicas lesões de endometriose bem como endometriomas, aderências. Dependendo de sua história e seus sintomas, o médico pode procurar também por miomas ou outras anormalidades. Outros procedimentos, como uma histeroscopia (exame dentro do útero) podem ser feitos também.

O diagnóstico e tratamento da Endometriose podem ser feitos durante o mesmo procedimento. Seu médico pode também remover as lesões e enviar ao laboratório para efetuar uma biópsia. Isto poderá detectar a presença da Endometriose.




Poucos dias antes da cirurgia:Faça todas as compras, limpeza e qualquer trabalho de casa que você tenha que fazer antes do dia da cirurgia, pois a última coisa que você precisará se preocupar é acerca de quanta roupa tem para passar. Compre comida fácil de preparar ou cozinhe antecipadamente e congele para ter refeições já prontas. Compre absorventes íntimos caso venha a precisar. Desmarque todo compromisso, por no mínimo duas semanas para se permitir relaxar e dormir, você precisará descansar. Tenha certeza que seus amigos e familiares saibam que você precisará de ajuda por um poucos dias. Tenha a certeza de ter um estoque de remédios contra dor receitados por seu médico, apenas em caso de precisar tomá-los.



Um dia antes da cirurgia:No dia anterior a cirurgia, faça refeições leves e saudáveis, beba muito líquido. Talvez não seja permitido comer ou beber após a meia-noite, então faça um pequeno lanche antes de dormir para prevenir a sensação de fome pela manhã.



Preparação IntestinalO seu medico pode pedir uma prerparação intestinal na noite anterior a cirurgia. O processo varia, mas usualmente inclui uma dieta líquida e outras preparações para limpar todo o intestino. Não é um processo agradável, mas é necessário. Converse com seu medico para saber o que esperar.



Quanto tempo você ficará no hospital ?As paciente de Laparoscopia geralmente saem no mesmo dia, mas se a sua cirugia tiver sido complexa ou profunda, você deverá passar a noite no hospital. Se tiver sido extirpado um pedaço do intestino você deverá ficar mais dias. É uma boa idéia, ir mentamente preparada para ficar pelo menos uma noite.



Medo: Quase todo mundo tem medo de cirurgia. Nós podemos nos preocupar com os riscos, a anestesia, a dor ou o que o cirurgião irá encontrar (ou não).


Roupas: Não se esqueça de usar roupas folgadas e roupa intíma (calcinha) que não aperte a linha do biquini ou o umbigo. Usar sapatos confortáveis facilitará a sua vida também. Leve seu próprio absorvente intímo, o qual for mais confortável para você, os dos hospitais podem ser pequenos ou grandes demais. Melhor ter o que você já usa e está acostumada. Leve chinelos, um roupão de banho, artigos de higiene pessoal. Leve um walkman para ouvir suas músicas favoritas ou algumas revistas para ler e manter sua mente ocupada enquanto espera.



Após a Cirurgia: Quando você acordar da anestesia você deverá estar com dor. Diga a enfermeira como está a sua dor para que possa ser medicada corretamente. A volta da anestesia geralmente nos faz ficar com muito frio, peça por cobertores se isto acontecer. Você provavelmente sentirá um desconforto na garganta por causa do tubo que é colocado em sua boca durante a cirurgia. Se os sintomas piorarem converse com a enfermeira e o médico.



Você poderá ter náuseas: Infelizmente, náuseas e vômito no pós-operatório são comuns. Se esta é sua primeira experiência com uma cirurgia, ou simplesmente a primeira vez que você acorda “enjoada”, chame a enfermeira quando perceber que está assim o mais breve possível. Além disso, se você perceber que vai vomitar, tente chamar a atenção de alguém, eles irão te dar uma bacia e te ajudar a sentar se for preciso.



Você se sentirá desconfortável: Quanto ? Ninguém poderah dizer. Isso vai depender de quanto é a sua tolerância a dor, mas também do que exatamente foi feito durante o procedimento cirúrgico. Sua dor vai provavelmente limitar suas ações no abdômem.



É possível que você tenha dor nos ombros: Isto acontece devido ao CO2 que ficou preso abaixo do seu diafragma. Esta irritação vai para os ombros, você poderá não sentir nada ou uma leve dor ou uma dor muito forte. A dor irá gradualmente diminuindo conforme o gás for sendo absorvido pelo seu corpo e consequentemente expelido. Isto pode demorar umas 48 horas.



Você ficará inchada: O inchaço, após a cirurgia deverá ser esperado. Isto acontece devido ao CO2 que o cirurgião usou, mas isto faz parte do processo de recuperação. A dor varia, pois depende de quanto CO2, o médico tirou antes de fazer os pontos. Peça a eles para tirarem o máximo possível. Andar ajudará o seu organismo a se livrar do excesso de gás.



Você poderá ter algum sangramento vaginal: Isto provavelmente será o equivalente a um fluxo menstrual leve. Prefira usar absorventes externos do que absorventes internos. Deverá acabar em poucos dias. Se o fluxo se tornar muito forte ou se você ficar preocupada com isto então cheque com seu médico.



Remédio para dor: Seu médico deverá te dar alta e prescrever uma medicação com uma receita médica, ou liberar você sem receita médica, podendo usar algum medicamento sem necessidade de receita. Em ambos os casos, se o medicamento para dor não estiver aliviando a dor, entre em contato com ele e peça por um medicamento mais forte. Não há necessidade de sentir dor. Não há problema se você pedir, antes da cirurgia, afim de ficar preparada.



Problemas intestinais: Constipação é comum após a Laparoscopia.


Pontos: Muitos hospitais agora usam pontos que se dissolvem no organismo, mas às vezes, por alguma razão eles não se dissolvem. Se após 7-10 dias você ainda sentir os pontos incomodando ou apertando, visite o seu médico.



Recuperação: Pelos primeiro 2 ou 3 dias seguintes a cirurgia, muitas mulheres se sentem cansadas ou debilitadas. Durante este período, tenha alguém que possa ficar com você – um parente ou uma amiga.

Nas primeiras 2 semanas após a cirurgia o seu médico pode pedir que você não dirija e nem tenha relação sexual, banho de banheira, ducha vaginal ou pratique natação.

Não espere muito de você mesma nos primeiros dias. Você deverá se sentir cansada e precisará tirar muitas sonecas. Entretanto, se estiver apta para andar, ande. Isto ajudará você a se recuperar rapidamente.

Passe as primeiras 24 horas descansando ou dormindo o máximo possível. Descanse na posição mais confortável. Colocar as pernas para cima com a ajuda de travesseiros poderá ajudar. Se precisar, peça ajuda para se sentar – os músculos do estômago estarão sensíveis e doloridos. Tenha um copo de água do seu lado com um canudo flexível ao alcance das mãos, pois assim você não terá que pedir ajuda a toda hora.



  Quando ligar para o médico? Se ocorrer uma hemorragia. Geralmente, quando um absorvente se encharca em 1 hora.
Se o seu umbigo começar a avermelhar, ou ter alguma secreção.
Se você tiver febre de 38 C ou mais alta.
Se você sentir dores extremas no pós-operatório.
Se você tiver algum sintoma o qual te faça sentir aflição ou agonia.

A coisa mais importante é ir com calma, e não pedir demais de você mesma. Sua recuperação poderá ser mais fácil se você cuidar de você e não tentar fazer as coisas apressadamente.



Primeira mesntruação após a cirurgia: A experiência da primeira menstruação pode ser dramática. Se o seu fluxo for mais doloroso, longo ou mais do que o habitual, não entre em pânico. A recuperação interna leva tempo. Por isso o seu primeiro fluxo pode ser doloroso. No entanto converse com seu médico, se você está preocupada com as dores ou se a dor for muito severa.


Converse com outras mulheresConversar acerca da experiência de cada uma pode ser benéfica. A informação acaba sendo valiosa para todas e principalmente para aquelas que irão enfrentar a cirurgia pela primeira vez.

Fonte: http://www.endometriosis.org/laparoscopy.html


Um Comentário

  1. Olá meninas.
    Fiz minha laparoscopia em 31/10/2013 e ocorreu tudo bem. Fiz o repouso recomendado corretamente e iniciei o tratamento com Mesygina, mas hoje, após quase 5 meses depois estou sentindo as dores novamente. Fui em outro ginecologista, igualmente renomado e ele me recomendou o uso de Allurene, para que não tenha que fazer outra videolaparoscopia e me explicou que esse medicamento consiste em estabilizar a endometriose, vez que a menstruação não vira pelo período de uso, bem como que não se trata de método contraceptivo e que teria que optar pelo uso de camisinha para prevenção.
    Bom, como vai ser eu não sei. Trata-se de um remédio de custo alto, mas preciso me apoiar nele para continuar tentando, para que assim, quando eu estiver melhor estabilizada e casada no ano que vem eu possa tentar engravidar.
    Desejo muita sorte a vocês e não tenham medo do novo.

    ResponderExcluir